terça-feira, 12 de setembro de 2017

When embroidery meets sewing; A misturar bordado e costura


Eu precisava de uma bolsa para levar os meus bordados na semana que íamos estar fora de casa, de férias, com as miúdas. Decidi que ia usar um que adoro da Cotton and Steel chamado Rosa Flora Neutral, feito pela Rifle Paper Co
Como queria que fosse uma bolsa acolchoada, mais confortável para transporte de bastidores de madeira, resolvi prender o enchimento ao tecido exterior bordado algumas das folhas e assim prendendo as duas camadas. Acabou por ser uma ideia muito viciante, o difícil foi parar de bordar as folhas porque eu estava a adorar o resultado. Depois de as duas partes estarem bem presas uma à outra, fiz a bolsa interior e juntei as duas de forma habitual. 

Quando tinha a bolsa feita resolvi que ainda precisa de uma bolsa para os lápis e canetas que agora carrego comigo. Descobri, com o bordado, que cada vez me apetece mais desenhar e tenho-o feito seja para realizar as ideias que me chegam, seja para me divertir um pouco. Gosto mesmo de todo o processo criativo, desde quando a ideia aparece, passando por a meter no papel e por fim no tecido. Dá-me verdadeiro prazer. Nota-se? ;-) 
Decidi manter a orla do tecido como detalhe porque é linda e estes detalhes são o que faz mais diferença para mim. 

I needed another pouch to take my embroidery stuff for the week we would be away in vacations with the girls and so I decided to use my beloved canvas named Rosa Flora Neutral, from Cotton and Steel, from Rifle Paper Co. Because I wanted it to have a quilted look, I decided to embroidery part of the leaves as a way to hold the padding to the main fabric. It turned out it was a good decision and a very addictive one too, I had to stop myself from keeping embroidering more and more leaves. After attaching the padding to the exterior fabric with this method I keep the process as usual for making this sort of pouches, I made the lining and attached both. 

I couldn't resist on making a pencil pouch because I found that with this love for embroidery came an incredible urge to draw more and more. I trully enjoy all the process of creation, from the idea in my head to the realisation of it. Can you tell? 
I choose to mantain the selvedge of the fabric because just look at it, it's beautiful! 






5 comentários:

Escrevam-me de volta. Gosto de saber que não estou a "falar" sozinha.... :-)