segunda-feira, 24 de agosto de 2015

E acabou.

Já aqui falei do amor que sinto pelas minhas filhas em várias ocasiões. Também já falei do amor que sinto pelo R muitas vezes mas poucas foram as que falei do amor que o meu R sente pelas nossas duas filhas. Parece certo que assim seja, afinal este é o meu canto de terapia e não o dele. Desculpa se hoje falo um pouco de ti, é só um bocadinho mesmo, porque eu preciso e porque tu mereces. 
Hoje foi o seu primeiro dia de trabalho depois de quatro meses em casa connosco. Foi ele que gozou a licença de paternidade e não eu. Eu trabalho em casa e por isso estivemos quase, mesmo quase, sempre juntos. Com tudo o que isso acarreta, é certo. 
Não sei quais eram as suas expectativas em relação a estes meses e também não sei se sequer criou algumas mas sei que hoje ele tem muitas saudades nossas. Mais delas de certeza. Não digo isto com nenhum tipo de inveja ou ciúme, é maravilhoso que assim seja. Digo isto porque na amálgama que é este nosso amor tão doce, amar o pai fantástico que ele é, é mais um pedaço que nos fortalece.  
Ele nasceu para ser pai destas meninas que são as nossas filhas. Ele é o mais doce sem ser o lamechas, é o mais certo sem querer sempre a razão e é o mais forte sem ser duro. A Miss Caracolinhos diz de uma forma teatral que ele é o príncipe dela, o seu herói. Também és o meu. 

14 comentários:

  1. Amor lindo, nessa família linda! Desejo-vos toda a sorte e felicidade do mundo! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Daniela, para vocês também! beijinhos grandes

      Eliminar
  2. Que família mais querida! <3 E amiga! Bom regresso ao trabalho, Ricardo! Beijinho e abraço cá de casa para os 4.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada minha amiga, beijinhos enormes para vocês os 3!

      Eliminar
  3. Que post lindo Patrícia!!
    Coragem para todos nesta nova etapa ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Maria, um beijinho especial para ti que nunca deixas de me ler. <3

      Eliminar
  4. Que post bonito, Patrícia! De aquecer cada cantinho do coração. Beijinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ema. Eles é que aquecem o meu <3 beijinho grande

      Eliminar

Escrevam-me de volta. Gosto de saber que não estou a "falar" sozinha.... :-)